Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diário Medicina Preventiva

Uma intensa viagem pelo dia-a-dia de uma estudante de Medicina e, além disso, algumas indicações sobre a importância da prevenção para preservarmos a nossa saúde.

Diário Medicina Preventiva

Uma intensa viagem pelo dia-a-dia de uma estudante de Medicina e, além disso, algumas indicações sobre a importância da prevenção para preservarmos a nossa saúde.

31.Dez.07

APROVEITE PARA DEIXAR O VÍCIO

 

À beira de um novo ano e, simultaneamente, de uma nova lei - a Lei do Tabaco - aproveite para rever os malefícios do tabaco, aquela que é considerada a principal causa de morte evitável em todo o mundo pela Organização Mundial de Saúde:

 

- aumenta consideravelmente o risco de desenvolver cardiopatia isquémica e cancro do pulmão (principais doenças associadas à mortalidade derivada do tabagismo)

- desenvolvimento de aterosclerose

- doenças cerebro-vasculares (AVC)

- cancros (cavidade oral, laringe, faringe, esófago, pâncreas, bexiga, rins, colo do útero)

- doenças hormonais (menopausa precoce)

- osteoporose

- doenças respiratórias (bronquite crónica, enfisema, asma)

- doenças gastrointestinais (úlceras)

- diminuição da capacidade respiratória e do rendimento físico

 

 

O tabagismo é responsável por 90% das mortes por cancro do pulmão, 97% das mortes por cancro na laringe, 85% das por bronquite e enfisema, 25% das por doença cardíaca.

 

 

Os principais "venenos" que pode encontrar num cigarro são:

- a nicotina - droga psicoactiva, responsável pela dependência do fumador; actua ao nível do sistema nervoso central (SNC) e diminui a afluência sanguínea aos tecidos

- monóxido de carbono (CO) - diminui a oxigenação do sangue

- alcatrão - altamente cancerígeno

 

E ainda:

 

 

E agora aproveite o fim de 2007 e a nova lei do tabaco, reserve uma das 12 passas para um novo objectivo no novo ano, objectivo que contribuirá para que tenha muitas mais passagens de ano para festejar, diga NÃO ao vício do tabaco e sorria a uma VIDA SEM FUMO!